Moçambique pedirá ofertas internacionais para projeto logístico

O governo de Moçambique planeja solicitar no próximo mês ofertas internacionais para um projeto de 2 bilhões de dólares para desenvolvimento de ferrovias e portos para elevar as exportações de carvão, afirmou o presidente do grupo estatal de portos e ferrovias CFM nesta quarta-feira.

Reuters

21 de novembro de 2012 | 09h12

"Até o fim deste ano devemos lançar a licitação. O projeto vai custar cerca de 2 bilhões de dólares, incluindo o porto", disse Rosario Mualeia, nos bastidores de uma conferência.

A licitação envolverá uma linha de 525 quilômetros entre as província de Tete e Zambezia, além de um novo porto, com capacidade para cerca de 20 milhões de toneladas anuais de carvão.

Mualeia também afirmou que a atrasada reforma da linha Sena, a única ferrovia que atualmente interliga a bacia de Moatize-- rica em carvão-- à costa, será concluída até o final do ano.

(Por Agnieszka Flak)

Tudo o que sabemos sobre:
TRANSPORTESMOCAMBIQUEOFERTAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.