Mulher é presa por envenenar crianças em Guarulhos-SP

A doméstica Rosângela Soares da Silva, de 35 anos, foi presa ontem acusada de envenenar duas crianças, filhas da amante de seu marido, no último domingo, em Guarulhos. S.S., de 4 anos, está em coma no Hospital Municipal da Criança e E.S., 5 anos, teve alta ontem após um tratamento de desintoxicação. A mulher teria dado iogurte com veneno de rato as crianças, como vingança pela traição. Segundo a polícia, Rosângela se entregou anteontem e confessou o crime. A doméstica está presa em carceragem de Guarulhos. Indiciada por tentativa de homicídio, sua prisão temporária, por 20 dias, já foi decretada. De acordo com o relato de parentes das vítimas, a doméstica foi à casa da amante do marido, a auxiliar de limpeza Vanderléia Alves da Silva, de 24 anos, no início da tarde de domingo. Ao chegar, no Parque Jandaia, encontrou as crianças brincando e deu a elas iogurte misturado ao veneno de rato conhecido como ?chumbinho?. E.S. se sentiu mal ainda naquele dia, quando estava na igreja com a mãe. Foi levada para o pronto-socorro do Hospital Pimentas Bonsucesso, onde deu entrada às 21h30. Mais tarde, o marido de Rosângela, Antonio Alves Pereira, 40 anos, chegou na casa da amante e viu que S.S. também estava mal. Levou a menina para o mesmo hospital, onde ela sofreu uma parada cardiorrespiratória. Foi reanimada e transferida para a unidade de terapia intensiva do Hospital Municipal da Criança com ?mal convulsivo grave?. As informações são do Jornal da Tarde.

AE, Agencia Estado

19 Dezembro 2008 | 10h26

Mais conteúdo sobre:
violência SP crianças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.