No Rio, 4 morrem durante ações da polícia em favelas

Um adolescente de 14 anos, atingido por bala perdida, e três supostos criminosos morreram hoje durante duas operações da polícia em favelas do Rio. O estudante Gabriel dos Santos Duarte foi atingido na Favela do Lixão, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Os traficantes foram mortos em troca de tiros na Vila Cruzeiro, na zona norte.Policiais do 15.º Batalhão (Duque de Caxias) chegaram por volta das 16 horas à Favela do Lixão, para cumprir mandados de prisão. Traficantes reagiram a tiros e houve intenso confronto. Gabriel estava na porta de casa, quando uma bala o atingiu na coluna. O garoto foi socorrido por vizinhos, mas morreu no Hospital de Duque de Caxias. Revoltados, moradores da favela tentaram invadir o hospital e fizeram uma manifestação no centro da cidade.No início da tarde, policiais do 16.º Batalhão fizeram uma operação na Vila Cruzeiro para coibir o tráfico de drogas. Houve tiroteio e os supostos criminosos morreram no Hospital Getúlio Vargas. Nenhum deles foi identificado.

CLARISSA THOMÉ, Agencia Estado

14 de setembro de 2007 | 20h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.