Para Blair, invasão do Iraque era ''justificada''

Em entrevista à BBC, o premiê britânico, Tony Blair, defendeu ontem a ideia de que a invasão ao Iraque era justificada mesmo sem a presença das armas de destruição em massa. "O Iraque representava uma ameaça à região", disse Blair, que decidiu pela participação britânica na guerra usando o argumento das armas - nunca encontradas.

, O Estadao de S.Paulo

13 Dezembro 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.