Parto visto na internet

Serviço oferecido pelo São Luiz permite que familiares e amigos acompanhem online nascimento do bebê

Mariana Lenharo, O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2010 | 00h00

ESPECIAL PARA JT

Ontem, às 11h09, nasceu Enzo Gonçalves pesando 3,24 kg. "Que pequeno mais lindo é o meu sobrinho", exclamou Talyta Faleiros. A reação da tia, que viu o bebê nascer no Brasil, tem de surpreendente o fato de que ela estava em Barcelona (Espanha) na hora do nascimento ? e acompanhou tudo pela internet. A novidade é oferecida pelo Hospital Maternidade São Luiz.

As imagens são feitas por uma câmera movimentada por controle remoto. O que se vê é o rosto da mãe e o bebê, quando ele é trazido pela enfermeira para o primeiro contato. "É uma transmissão segura e ética. Não se vê sangue nem nada que assuste", diz a ginecologista Márcia Maria da Costa, coordenadora da maternidade. São transmitidas cesarianas e partos normais "com o cuidado de não mostrar nenhuma imagem que possa constranger a gestante", diz a médica.

Caso a família opte pelo serviço, ela recebe uma senha que permitirá o acesso à transmissão. É de responsabilidade dos pais a distribuição desse código aos amigos e familiares escolhidos para assistir às cenas. O serviço é gratuito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.