PF prende vinte suspeitos de extermínio no Ceará

A Polícia Federal, em conjunto com o Grupo de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público Estadual e a Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, desencadeou hoje a Operação "Cia. do Extermínio", que já cumpriu 20 mandados de prisão e 26 mandados de busca e apreensão. Segundo a PF, o objetivo é desarticular uma quadrilha envolvida com crimes de homicídio com características de pistolagem e que vem agindo como grupo de extermínio no Ceará há cerca de quatro anos. De acordo com as investigações, o grupo está envolvido em pelo menos 25 homicídios. Conforme a PM cearense, estão entre os presos dez policiais militares e um servidor do Fórum de Fortaleza, além de empresários e seguranças. A operação conta com 155 policiais. Além de prender os integrantes do grupo, a ação busca provas que reforcem a materialidade dos crimes praticados pelo grupo e também a identificação de outras possíveis vítimas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.