Polícia entra em confronto com manifestantes em Honduras

Simpatizantes do presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, entraram em confronto com forças de segurança na cidade de San Pedro Sula, no norte do país, neste domingo, quando protestavam contra as eleições presidenciais, disse uma testemunha à Reuters.

REUTERS

29 de novembro de 2009 | 17h47

Os manifestantes lançaram pedras e quebraram vidraças durante uma marcha e foram dispersados com gás lacrimogêneo pela tropa de choque.

Um cinegrafista da Reuters ficou ferido com uma pedrada na cabeça durante o tumulto.

(Reportagem de Herbert Villarraga)

Tudo o que sabemos sobre:
HONDURASELEICAOTUMULTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.