Polícia prende acusado de incendiar ônibus em Sorocaba

A Polícia Civil de Sorocaba prendeu nesta terça-feira um dos acusados de participar de ataques e incêndios a ônibus na cidade do interior paulista. Pablo Henrique Dias Gomes, de 19 anos, que aparece nas imagens de um circuito interno espalhando combustível no interior de um coletivo, no dia 23 de novembro, apresentou-se à polícia acompanhado de advogado.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

04 Dezembro 2012 | 17h44

Ele negou envolvimento com o crime organizado e afirmou que decidira queimar o veículo porque anteriormente havia discutido com um dos motoristas. Segundo ele, o motorista tinha chamado sua atenção por consumir drogas no ponto de ônibus.

Gomes agiu na companhia de outros rapazes, mas se negou a revelar a identidade dos parceiros. O delegado Acácio Aparecido Leite recebeu com reservas a motivação para o crime. Segundo ele, o acusado teve passagem pela Fundação Casa quando adolescente e pode ter sido recrutado pelo crime organizado.

Como teve a prisão preventiva decretada, Gomes foi levado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba depois de prestar depoimento. A polícia vai investigar se procede a versão do acusado.

Entre os dias 23 e 28 de novembro, oito ônibus foram incendiados em Sorocaba. Houve também um ataque em Votorantim, cidade vizinha, onde o motorista foi agredido a coronhadas.

Mais conteúdo sobre:
prisão ônibus incendiados Sorocaba SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.