Preço do petróleo reduz lucro da Chevron no 2o tri

A Chevron teve queda no lucro do segundo trimestre, quando os preços do petróleo caíram em relação ao mesmo período do ano passado, apesar da melhora nas margens de refino ter diminuído o impacto.

Reuters

27 de julho de 2012 | 10h31

A segunda maior petrolífera dos Estados Unidos viu o lucro líquido cair para 7,2 bilhões de dólares, ou 3,66 dólares por ação, ante 7,7 bilhões de dólares, ou 3,85 dólares por ação, um ano antes.

No segmento de upstream --exploração e produção-- houve retração de 18 por cento no lucro, para 5,6 bilhões de dólares, enquanto o de downstream --refino-- teve salto de 80 por cento, para lucro de 1,88 bilhão de dólares.

A Chevron tinha anunciado no começo do mês que as margens de referência na indústria na costa sul dos Estados Unidos subiram mais de 4 dólares por barril, para 24,89 dólares, enquanto as margens na costa oeste subiram para 21,32 dólares o barril, a maior média trimestal em quatro anos, em ambos os casos.

A maior refinaria da Chevron fica no Mississippi, com capacidade de 330 mil barris por dia (bpd), enquanto as duas unidades da petrolífera na Califórnia podem refinar até 518 mil bdp, ao todo.

A Exxon Mobil, maior companhia listada de petróleo do mundo, tinha informado na quinta-feira salto de 49 por cento no lucro trimestral, beneficiada por desinvestimentos e itens fiscais.

(Por Matt Daily)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIACHEVRONRESULTSATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.