Premiê israelense diz que Hamas pagará preço 'intolerável' por mais ataques

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, ameaçou neste sábado exigir um "preço intolerável" do Hamas na Faixa de Gaza, se os ataques a partir do território palestino continuarem.

REUTERS

02 Agosto 2014 | 16h15

"Nós não aceitamos a continuação dos disparos", disse Netanyahu a repórteres. "Ele (o Hamas) vai ter que entender... que pagará um preço intolerável, a partir de sua perspectiva, pela continuação dos disparos."

(Reportagem de Dan Williams)

Mais conteúdo sobre:
ISRAELPRIMIEAMEACA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.