Presos três acusados de fraude no Detran do Ceará

Pelo menos três pessoas foram presas hoje durante a Operação Lótus, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Ceará, acusadas de fraudar documentos no Departamento de Trânsito (Detran) do Estado. A operação, segundo a PRF, tem como objetivo o combate à falsificação de documentos de habilitação e fraudes na regularização de veículos roubados ou clonados, que envolvia servidores do Detran do Ceará, despachantes e donos de auto-escola. As investigações que originaram a operação foram iniciadas em junho de 2007 e se aprofundaram há quatro meses com o reforço do Ministério Público Estadual. Além da Polícia Rodoviária Federal, participam da ação representantes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GECOC) do Ministério Público do Estado do Ceará e da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.