Queda de ultraleve mata duas pessoas em Itapeva

Um ultraleve caiu instantes depois de decolar do aeroporto de Itapeva, no sudoeste paulista, a 285 km de São Paulo. O aparelho bateu numa casa, pegou fogo e explodiu. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as duas pessoas que estavam no ultraleve morreram na hora. A aeronave de pequeno porte caiu no bairro Santa Maria, na periferia da cidade, a 500 metros do aeroporto. A casa atingida pelo avião em queda sofreu danos, mas os moradores não estavam no local naquela hora.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

10 de dezembro de 2013 | 21h05

De acordo com testemunhas, o motor do ultraleve fazia um barulho fora do normal quando decolou do aeroporto. O avião começou a perder altura e atingiu a fiação elétrica e um poste, antes de bater na casa. O imóvel estava vazio na hora do acidente. Segundo os moradores, com o impacto houve uma explosão. Peças da aeronave se espalharam pela local. Os bombeiros retiraram os corpos com muitas queimaduras. As vítimas foram levadas para o Instituto Médico-Legal. Até o início da noite, as vítimas não tinham sido identificadas. Além da Polícia Civil, o acidente será investigado pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Tudo o que sabemos sobre:
Ultralevequeda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.