Sabesp diz que não vai alterar operação no Cantareira

Apesar do sistema estar abaixo dos 20%, empresa espera as chuvas previstas para a segunda quinzena de fevereiro

Tassia Karstner - Agência Estado,

09 de fevereiro de 2014 | 15h57

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) informou por meio de nota que não deverá fazer alterações na operação do sistema Cantareira, em razão da queda do nível dos reservatórios abaixo dos 20%. Neste domingo, 09, a Sabesp informou que índice de água do sistema chegou a 19,8%. "A Sabesp esclarece que o fato do sistema Cantareira estar abaixo dos 20% não altera as medidas operacionais. Apesar de ser o menor índice da história do sistema, a Companhia espera as chuvas previstas para a segunda quinzena de fevereiro", disse a empresa.

Segundo a Sabesp, as precipitações estão abaixo da média desde dezembro, quando foram registrados 62 milímetros de chuva. A média histórica é de 226 milímetros. Foi o pior mês de dezembro desde que a medição começou a ser feita, há 84 anos.  Em janeiro, além das chuvas abaixo da média, as altas temperaturas mantiveram o consumo de água elevado, o que ajudou a baixar o nível dos reservatórios.

Tudo o que sabemos sobre:
abastecimentoáguacantareira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.