Trem pega fogo e provoca tumulto em Duque de Caxias

Uma composição pegou fogo na manhã de hoje na estação de Saracuruna, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, o que provocou um tumulto entre os passageiros e interrompeu a circulação dos trens. De acordo com a concessionária SuperVia, empresa que administra o ramal ferroviário, após a linha ser liberada e a ordem restabelecida pela polícia, a circulação no ramal retornou ao normal às 8h44min, com a partida de um trem com destino à estação Central do Brasil.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

25 de março de 2010 | 09h39

De acordo com informações iniciais da Polícia Militar (PM), uma pane elétrica no ar-condicionado da composição provocou o fogo. Cerca de 15 agentes foram deslocados para o local. Segundo a corporação, ninguém foi preso ou ficou ferido. Já a Supervia informou, em nota, que duas partidas da estação de Saracuruna com destino à Central do Brasil foram canceladas devido aos problemas operacionais nos trens que fariam as viagens.

Um grupo de passageiros invadiu a via férrea impossibilitando a passagem das composições e, por medida de segurança, a circulação no ramal Saracuruna foi alterada até que as pessoas saíssem da via. Enquanto isso, segundo a nota, os trens no ramal de Saracuruna circularam da Central até Campos Eliseos, nos dois sentidos.

Mais conteúdo sobre:
transportetremfogotumultoRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.