Turista baleada na Ponte da Amizade continua internada

A turista gaúcha Noiara Elisabete Bonatto de Souza, 26 anos, continuava internada em estado grave no Hospital Municipal, em Foz do Iguaçu (705 quilômetros de Curitiba), após ser baleada no abdômen em uma tentativa de assalto na Ponte da Amizade, que liga Foz do Iguaçu ao Paraguai, realizada por três rapazes.

JULIO CESAR LIMA, Agência Estado

12 de janeiro de 2013 | 14h22

Noiara e o marido moram em Passo Fundo (RS) e atravessariam a ponte para fazer compras juntamente com outros casais no lado paraguaio. Segundo a polícia, três homens deram voz de assalto e passaram a atirar. O tiro acertou Noiara e o grupo perdeu ainda R$ 4 mil.

Após o assalto, os rapazes escaparam em garupas de mototaxistas em direção ao Brasil. As placas foram registradas pela polícia brasileira e as buscas já estão em andamento na região de Foz. Como o tiro foi disparado já do lado paraguaio, a investigação ficará por conta da Polícia Nacional Paraguaia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.