Turista francês é sequestrado no Paquistão

Um homem armado sequestrou um turista francês na região paquistanesa que faz fronteira com o Irã e o Afeganistão neste sábado, informou a polícia.

REUTERS

23 de maio de 2009 | 14h28

Cinco franceses, incluindo duas crianças, estavam a caminho do Irã quando um deles foi raptado perto da cidade de Dalbandin, no sudoeste da província de Baluchistan.

Dalbandin está a 200 quilômetros de Quetta, capital da província.

"O homem armado levou um dos turistas", disse o chefe do distrito policial Qazi Hussain Ahmed à Reuters.

"Eles estavam viajando sem qualquer escolta. Nós estamos tentando encontrar a vítima o mais rápido possível."

Autoridades da embaixada da França não estavam disponíveis para comentar o caso.

Ninguém assumiu a responsabilidade pelo sequestro em uma região onde militantes islâmicos são ativos.

Há também o grupo de separatistas Baluchi que mantém uma insurgência por mais autonomia e controle do gás e outros recursos naturais na província.

Em fevereiro, uma autoridade norte-americana da Organização das Nações Unidas (ONU) foi sequestrada em Quetta, sendo libertada em abril.

(Reportagem de Gul Yousufzai)

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCESRAPTADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.