Alunos põem fim à ocupação na Unesp de Franca

Dependências do campus de Ourinhos também foram desocupadas

Agencia Estado

02 Julho 2007 | 09h36

Um mês após a ocupação, os estudantes que estavam na sala do vice-diretor da Universidade Estadual Paulista (Unesp), de Franca, na região de Ribeirão Preto, desocuparam nesta quinta-feira, 28, o local. No campus de Ourinhos, onde os alunos ocupavam as áreas administrativa e acadêmica da unidade e salas de aula, a desocupação ocorreu na noite de quarta. Em Franca, cerca de 30 alunos, em média, se revezavam e pernoitavam na sala do vice-diretor, mas, em assembléia realizada na terça-feira à noite, os estudantes resolveram encerrar o movimento. "Conseguimos mais de 80% de nossa pauta de reivindicações", disse Vinícius Peixinho, aluno do 3º ano de História. Já o vice-diretor Fernando Fernandes, citado em nota oficial da universidade, afirma que todos os itens da pauta de reivindicações dos alunos já estavam encaminhados antes da ocupação. Na quarta pela manhã, os estudantes fizeram a limpeza da sala e à tarde fizeram um ato simbólico e um churrasco com funcionários e colegas da instituição. Durante esse período, pelo menos 80 dos 117 funcionários da Unesp de Franca entraram em greve, mas retornaram na quarta-feira ao trabalho. O vice-diretor da unidade, Fernando Fernandes, afirmou que na próxima semana será criada uma comissão que averiguará se houve danos ao patrimônio. Segundo ele, as responsabilidades serão apuradas em caso de existência de danos. Ourinhos Os cerca de 20 alunos que ocupavam, desde o dia 19, as dependências do campus de Ourinhos também decidiram pela retirada em assembléia. Segundo o diretor Paulo Mourão, não houve danos ao patrimônio. As reivindicações dos estudantes serão encaminhadas à reitoria. Mourão esclareceu aos alunos ocupantes que parte das reivindicações precisam, obrigatoriamente, ser avaliadas pelos colegiados da Universidade e não apenas pela direção do campus e pela reitoria. As aulas em Ourinhos serão normalizadas a partir da segunda-feira, 2 de julho. O campus, onde é ofertado o curso de Geografia, tem 210 alunos.

Mais conteúdo sobre:
Unesp ocupação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.