Jonathan Evans/Reuters
Jonathan Evans/Reuters

Mandela, ex-presidente da África do Sul, é internado em hospital para exames

Comunicado afirma que não há motivo para alarme a respeito da saúde do líder anti-apartheid

Reuters

08 Dezembro 2012 | 13h54

JOHANNESBURGO - O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela foi internado em um hospital para exames, disse o governo do país neste sábado.

O comunicado não oferecia mais detalhes, mas afirmava que não há motivo para alarme a respeito da saúde do líder anti-apartheid de 94 anos de idade.

Mandela, que foi o primeiro presidente negro do país em 1994, foi hospitalizado em fevereiro depois de sentir dor abdominal, mas recebeu alta no dia seguinte, pois os exames mostraram que não era nada grave.

Atualmente, o ex-presidente passa a maior parte do tempo em sua casa em Qunu, um povoado da empobrecida província de Eastern Cape. Sua saúde delicada o impede de comparecer a eventos públicos, apesar de ainda receber visitas, como a do ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton.

(Reportagem de Ed Cropley)

Mais conteúdo sobre:
AFRICA DO SUL MANDELA HOSPITAL

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.