1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine

Rio terá órgão para integrar prefeituras

THAISE CONSTANCIO - Agência Estado

07 Abril 2014 | 09h 57

O governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB), anunciou no domingo, 6, a criação de um órgão de assessoramento com 20 prefeituras da Região Metropolitana fluminense. O objetivo é integrar as cidades e debater temas como saúde, saneamento básico e mobilidade urbana.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), foi convidado para participar do grupo durante reunião com o secretariado municipal, no domingo. Os demais prefeitos serão convidados nos próximos dias e, juntos, definirão as diretrizes do órgão.

"Vamos criar um órgão para fortalecer a Região Metropolitana. Não é possível discutir saúde e saneamento se a cidade do Rio não estiver junto com os demais 20 prefeitos da região. O segredo do sucesso é a integração e vai ajudar muito a governarmos o estado", disse Pezão.

Integração

No sábado, o governo estadual anunciou o Programa de Fortalecimento da Gestão do Setor Público e do Desenvolvimento Territorial Integrado - Rio Metrópole, chamado de Progestão II. Para execução do projeto, serão solicitados US$ 50 milhões ao Banco Mundial para melhorar a gestão articulada das políticas públicas territoriais em três áreas: desenvolvimento urbano e sustentabilidade; desenvolvimento social; e sustentabilidade fiscal.

Outra obra de integração será a ampliação da Via Light, em parceria com o Governo Federal, para ligar o centro de Nova Iguaçu, município da Baixada Fluminense, à Avenida Brasil, na altura do bairro de Guadalupe, na zona norte do Rio. A previsão de entrega das obras é no primeiro semestre de 2016.