1. Usuário
Geral
Assine o Estadão
assine


TRE do Rio pede presença da Força Nacional de Segurança para eleições

REUTERS

27 Agosto 2014 | 19h 50

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) decidiu por unanimidade nesta quarta-feira solicitar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o apoio da Força Nacional de Segurança para atuar na campanha e nas eleições deste ano.

O pedido foi apresentado pelo presidente do TRE, Bernardo Garcez, e foi acompanhado por seis integrantes do colegiado que deliberou sobre o tema.

O presidente do TRE afirmou que há necessidade do emprego da Força Nacional de Segurança para garantir que os candidatos façam sua campanha sem restrições. Segundo ele, o emprego das forças federais já foi adotado nas eleições de 2008, 2010 e 2012.

“Adotando a jurisprudência do TSE, voto pela solicitação da FNS para que junto da PM (Polícia Militar) possa garantir o bom andamento do pleito eleitoral”, disse Garcez no seu parecer que foi acompanhado pelos demais desembargadores.

O vice-presidente do TRE, desembargado Edson Aguiar, explicou que a presença de integrantes da Força Nacional de Segurança será suficiente porque não há problemas relacionados aos eleitores, somente para os candidatos.

"Entendemos que não há necessidade das Forças Armadas, porque o que nós detectamos é que existe mais uma reação à atuação dos candidatos na campanha política e não na mobilidade dos eleitores, então não vemos perigo para o exercício do voto", disse a jornalistas Aguiar.

Na última segunda-feira, o TRE recebeu um mapeamento da secretaria de segurança do Estado que apontava que há cerca de 50 áreas críticas no Estado em que os candidatos estavam sendo  impedidos de fazer campanha eleitoral. Traficantes e milicianos criaram áreas de exclusão e currais eleitorais no Estado dificultando.

Momentos antes da sessão, o governo do Estado informou por nota que não via necessidade até o momento de pedir apoio de tropas federais.

O  TSE deve analisar o pedido feito pelo TRE nos próximos dias.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)