PUBLICIDADE

Papa reduzirá participação na procissão da Sexta-Feira Santa

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O papa Bento 16 reduzirá sua participação na procissão da Sexta-Feira Santa, observando a maior parte da celebração de um ponto privilegiado em vez de caminhar ao redor do Coliseu romano, afirmou nesta terça-feira um porta-voz. O reverendo Federico Lombardi confirmou a alteração, divulgada antes, no mesmo dia, pela agência de notícias francesa I-Media. Segundo Lombardi, não há nenhum tipo de preocupação com a saúde do papa, que completará 81 anos de idade durante uma visita aos EUA, em abril. "É sensato que ele deseje guardar suas energias", afirmou Lombardi ao responder a uma pergunta. Em vez de caminhar ao redor do Coliseu por todas as 14 "estações da Via Crucis", conforme fez nos anos anteriores, o papa observará a maior parte do evento da Colina do Palatino. Bento 16 deve caminhar na procissão apenas nas três últimas estações. As 14 estações marcam os eventos ocorridos entre a condenação de Cristo à morte e o enterro dele. Após ter sido eleito, em 2005, o atual dirigente da Igreja Católica reduziu as atividades papais e delegou várias funções para seus principais assessores, tais como as missas de beatificação. Não estariam planejadas outras alterações na agenda do papa para os quatro dias agitados que se estendem da Quinta-Feira ao Domingo de Páscoa. Bento 16 tinha 78 anos quando foi escolhido papa, ao passo que o antecessor dele no cargo, João Paulo 2o, contava 58 anos de idade quando foi eleito, em 1978. (Reportagem de Philip Pullella)

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.