PUBLICIDADE

Rá, tim, bum Regina, Regina

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Desde 2005 longe dos palcos, Regina Duarte comemora 50 anos de carreira voltando ao teatro. Em Raimunda Raimunda, que estreia hoje (19) no teatro Raul Cortez, Regina, além de atuar, também dirige.O texto foi o último escrito pelo piauiense Francisco Pereira da Silva, morto em 1985, e conta a história de Raimunda, uma cearense que sai de carona em direção ao Rio, em busca da felicidade.Ao mesmo tempo em que presta uma homenagem ao autor - considerado injustamente esquecido por Regina -, o espetáculo, por conta da temática, também revisita o começo a carreira da atriz, que, em 1961, interpretou o Palhaço em 'Auto da Compadecida', de Ariano Suassuna. Teatro Raul Cortez. (513 lug.). R. Plínio Barreto, 285, 2122-4070. 80 min. 14 anos. 6ª, 21h30; sáb., 21h; dom., 18h. R$ 50/R$ 60. Até 16/12.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.