Exército atira em carro, mata uma pessoa e fere outra no Rio

Instituição afirma que vítimas eram assaltantes, mas morador da região defende que uma família estava dentro do veículo

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Militares do Exército mataram um homem e feriram outro na tarde deste domingo, 7, depois de atirar em um carro nas imediações do Piscinão de Deodoro, em Guadalupe, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro. Segundo o Exército, os militares depararam com um assalto, por volta das 14:40, e foram atacados pelos criminosos.

Militares atiraram contra veículonas imediações do Piscinão de Deodoro, em Guadalupe, no RJ Foto: Wilton Junior/Estadao

PUBLICIDADE

De acordo com o Exército, os militares responderam à agressão e atiraram contra o carro. O homem que morreu e o outro, que ficou ferido, segundo o Comando Militar do Leste, eram assaltantes. No entanto, um morador da região divulgou um vídeo nas redes sociais em que afirma que as vítimas não eram assaltantes, mas integrantes de uma família que estava dentro do carro. Um pedestre que passava pelo local também ficou ferido no tiroteio.

O Exército não informou, porém, se o tiro que atingiu o pedestre partiu dos militares ou dos assaltantes. O Comando Militar do Leste informou que o tiroteio em Guadalupe não tem relação com o confronto ocorrido na manhã deste domingo. /AGÊNCIA BRASIL 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.