Publicidade

Bolsas de NY avançam após dados positivos e Bernanke

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

As Bolsas de Nova York fecharam em alta nesta terça-feira, após uma sessão volátil, revertendo parte das fortes perdas da véspera em reação à indefinição na Itália. Os índices foram ajudados pelo avanço das ações da Home Depot, por indicadores econômicos positivos e pelo presidente do Federal Reserve (Fed), Ben Bernanke, que sinalizou a continuação do programa de compra de bônus do banco central norte-americano.O índice Dow Jones ganhou 115,96 pontos (0,84%) e fechou a 13.900,13 pontos. O S&P 500 avançou 9,09 pontos (0,61%), terminando a 1.496,94 pontos, e o Nasdaq teve alta de 13,40 pontos (0,43%), encerrando aos 3.129,65 pontos, após passar grande parte da manhã em território negativo.Em seu testemunho semestral ao Congresso, Bernanke sinalizou que o Fed continuará com seu programa de compra de bônus, argumentando que os benefícios das políticas de relaxamento monetário da instituição para a economia mais ampla ainda superam riscos potenciais. No entanto, ele também abordou os receios de que o banco central dos EUA possa estar caminhando para uma situação na qual ficará durante um período com pouco ou nenhum dinheiro para repassar ao Tesouro, quando der início ao aperto monetário.Além disso, Bernanke alertou para os riscos dos cortes automáticos de gastos, dizendo que serão um fardo "significativo" para a economia norte-americana. Os alertas chegaram a pesar nas Bolsas que, em seguida, se recuperaram. "Os investidores apostaram que ele manteria o programa até que a economia melhorasse. E ele tem feito isso", disse Quincy Krosby, estrategista da Prudential Financial.Os indicadores econômicos positivos também deram sustentação aos índices norte-americanos. Os preços das residências nas 20 maiores áreas metropolitanas dos EUA subiram 6,8% em dezembro, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, sugerindo aumento na demanda. Nas 10 maiores áreas metropolitanas do país, a alta nos preços foi de 5,9%. Além disso, o Fed de Richmond informou que o índice de atividade no setor de manufatura na região subiu de -12 em janeiro para 6 em fevereiro. Para completar, as vendas de moradias novas tiveram a maior alta mensal desde abril de 1993, subindo 15,6% em janeiro, na comparação com dezembro.Na Europa, o tom não foi positivo e as Bolsas fecharam a sessão com perdas significativas, pressionadas pela indefinição no cenário político e econômico da Itália. O resultado das eleições no país foi considerado por analistas como um protesto contra a austeridade e analistas divergem sobre o que ocorrerá a partir de agora.No noticiário corporativo, as ações da Home Depot lideraram os ganhos do Dow Jones, avançando 5,2% após a empresa divulgar resultados melhores que os esperados no quarto trimestre, anunciar um programa de recompra de ações e aumentar o pagamento de dividendos. As ações da Macy''s subiram 2,8% também após o anúncio de resultados positivos.A Apple avançou 1,7% com traders citando rumores de que a empresa pode dividir suas ações. Um porta-voz da companhia afirmou que não comentaria os rumores. As ações da Apple chegaram a cair 1,2% no início da sessão.As ações da Assisted Living Concepts tiveram alta de 23% após a empresa concordar em ser adquirida pela companhia de private equity TPG por cerca de US$ 277 milhões. As informações são da Dow Jones.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.