PUBLICIDADE

Zezé di Camargo nega briga entre Wanessa e Graciele após torcida pela cantora no BBB 24; entenda

Mulher do cantor declarou apoio à artista no reality em meio às polêmicas familiares nas redes sociais

Foto do author Redação
Por Redação

Após Graciele Lacerda revelar torcida por Wanessa no Big Brother Brasil 24 mesmo em meio às polêmicas familiares, Zezé di Camargo negou que exista rivalidade entre as duas. O cantor falou sobre o assunto neste sábado, 6.

Graciele compartilhou um recado para Wanessa quando ela foi anunciada no reality: “Estamos com você”. A torcida surpreendeu os seguidores da influenciadora porque a família estava estremecida após os desentendimentos que vieram a público e nem mesmo as festas de fim de ano as duas passaram juntas.

Story de Graciele Lacerda Foto: Instagram/ @gracielelacerdaoficial

PUBLICIDADE

Em meio à repercussão da declaração de Graciele, Zezé reiterou que “não existe briga”. O artista comentou em uma publicação da jornalista Fábia Oliveira, no Instagram, o seguinte texto:

“Você sabe que não existe briga de Wanessa com a Gra, aliás, de nenhuma de minhas filhas. O que existe é uma acusação feita da menina que vive com meu filho, acusação essa que está sendo apurada pela Justiça. Wanessa e Graciele estão juntas no mesmo processo, pra descobrir quem fez aqueles comentários”.

Entenda a briga da família Camargo

Amabylle, mulher de Igor Camargo, filho de Zezé, desmascarou um perfil fake no Instagram, que estaria sendo usado para atacá-la e a outros membros da família. A especulação era de que a conta pertence a Graciele, sobre a qual, supostamente, o perfil tecia apenas elogios.

Graciele concedeu uma entrevista ao Domingo Espetacular, da Record TV, em que assumiu ser a dona da conta falsa, mas disse que ela foi criada para que se defendesse de ataques que sofre nas redes sociais.

Graciele Lacerda admite perfil fake ‘para se defender’ e filho de Zezé Di Camargo expõe ataques à família. Foto: Reprodução de vídeo/Record TV e @igor_ci via Instagram

Conforme o relato, a conta já existe há 10 anos e todos os membros da família sabiam da existência do perfil. Graciele argumentou que sua equipe era responsável pela conta e ela, com o tempo, se esqueceu de usá-lo. Ainda de acordo com a influenciadora, o perfil era usado para elogiá-la e gerar engajamento em suas publicações.

Publicidade

Ela disse que deixou de ter acesso à conta em abril. Ataques feitos à família de Zezé e expostos por Igor Camargo datam de junho e a influenciadora nega ter logado no perfil na data. Ela alega que um dos ataques – direcionado a Wanessa Camargo – foi feito enquanto estava em uma viagem a Vitória.

Igor, por sua vez, tomou a decisão de comentar sobre o assunto por Amabylle Eiroa estar proibida pela Justiça de falar publicamente sobre o assunto. Segundo Igor, a decisão veio por Amabylle ter sido “mal assessorada” pelo advogado responsável pelo caso à época e ter publicado um documento em segredo de Justiça.

Ele ainda argumentou que houve tentativas de resolver o caso internamente em julho e que, na ocasião, Graciele havia dito que Amabylle teria criado um perfil de mesmo nome para realizar os ataques e incriminar a influenciadora.

O Estadão entrou em contato com a equipe de Graciele para comentar as declarações de Igor, mas ainda não obteve retorno. O espaço segue aberto.

Igor argumentou que, se a conta fosse usada por um terceiro, Graciele teria percebido por meio de notificações. “As desculpas que vêm não fazem sentido nenhum e causam um conflito familiar que poderia ser evitado”, disse ele, que reafirmou que Amabylle não tinha acesso ao perfil.

Por fim, Igor negou que a responsabilidade de Graciele ter perdido um contrato após o caso vir à tona seja de Amabylle. Na sequência, ele publicou um carrossel com os ataques da conta falsa feitos à família e negou que, à época do comentário feito a Wanessa, Graciele tenha viajado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.