Publicidade

Datas, sede e regulamento: o que se sabe sobre o novo Mundial que terá Palmeiras, Fla e Flu

‘Maior competição de clubes da Fifa’ terá novo troféu, diferente do utilizado desde 2005; veja equipes já classificadas

PUBLICIDADE

Foto do author Leonardo Catto
Por Leonardo Catto

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, parabenizou as 21 equipes já classificadas para o Mundial de Clubes de 2025, a ser disputado em novo formato. Alguns detalhes já foram adiantados, como a mudança no troféu, datas e os Estados Unidos como país-sede. A entidade promete novos anúncios em breve, como estádios, horários e a imagem da nova taça.

PUBLICIDADE

O novo formato será semelhante à Copa do Mundo, a cada quatro anos. A primeira edição será entre 15 de junho de 2025 e 13 de julho de 2025 com 32 clubes. Será o segundo de três torneios realizados na América do Norte de maneira consecutiva. Neste ano, há a Copa América, nos Estados Unidos (assim como o Mundial de Clubes). Depois, será a Copa do Mundo 2026, com sede tripla, incluindo Canadá e México.

O torneio é anunciado pela Fifa como “a maior competição de clubes”. As vagas têm como base os desempenhos das equipes no ciclo de quatro anos entre cada edição, o que, segundo a entidade, “demonstra consistência e recompensa”. Ainda restam 11 vagas para a próxima edição. Neste ano, serão anunciados, além do novo troféu, o novo logo da competição, detalhes sobre os jogos, calendário e regulamento para desempate.

Formato

Serão 32 clubes divididos em oito grupos, cada um com quatro. Todos se enfrentam em turno único, e os dois melhores avançam para as oitavas de final. Na sequência, há um mata-mata em jogo único até a definição do campeão. Não haverá disputa de terceiro lugar.

Equipes já classificadas e vagas restantes

A Juventus, da Itália, foi o clube que se classificou mais recentemente, após o Napoli ter sido eliminado na Champions League. Isso garantiu a vaga do clube de Turim pela pontuação no ranking da Fifa. Restam, ainda, duas das 12 vagas europeias. Há um limite de dois representantes por país, a não ser no caso de campeões continentais. A América do Sul ainda tem três vagas abertas. Pelo menos uma pode ser preenchida pelo campeão da Libertadores deste ano. Caso Palmeiras, Flamengo ou Fluminense vençam novamente, os outros três classificados seguirão a ordem do ranking.

  • Palmeiras (Brasil): campeão da Libertadores 2021
  • Flamengo (Brasil): campeão da Libertadores 2022
  • Fluminense (Brasil): campeões da Libertadores 2023
  • Chelsea (Inglaterra): campeão da Champions League 2020/2021
  • Real Madrid (Espanha): campeão da Champions League 2021/2022
  • Manchester City (Inglaterra): campeão da Champions League 2022/2023
  • Bayern de Munique (Alemanha): via ranking da Europa
  • Borussia Dortmund (Alemanha): via ranking da Europa
  • Paris Saint-Germain (França): via ranking da Europa
  • Inter de Milão (Itália): via ranking da Europa
  • Juventus (Itália): via ranking da Europa
  • Porto (Portugal): via ranking da Europa
  • Benfica (Portugal): via ranking da Europa
  • Al-Hilal (Arábia Saudita): campeão da Champions League da Ásia de 2021
  • Urawa Red Diamonds (Japão): campeão da Champions League da Ásia de 2022/23
  • Al Ahly (Egito): campeão da Champions League da África de 2020/2021
  • Wydad Casablanca (Marrocos): campeão da Champions League da África de 2021/2022
  • Monterrey (México): campeão da Copa dos Campeões da Concacaf de 2021
  • Seattle Sounders (Estados Unidos): campeão da Copa dos Campeões da Concacaf de 2022
  • León (México): campeão da Copa dos Campeões da Concacaf de 2023
  • Auckland City (Nova Zelândia): campeão da Champions League da Oceania mais bem ranqueado
Campeões continentais e finalistas do Mundial em 2023, Fluminense e Manchester City têm vaga para o torneio de 2025. Foto: Lucas Merçon/Fluminense

Novo troféu

A taça vai substituir a mesma utilizada desde 2005, quando o Mundial de Clubes da Fifa passou a ocorrer regularmente. O primeiro time a conquistá-la foi o São Paulo. O troféu pesa 5,2 quilos e tem 50 centímetros de altura. Ele foi projetado no Reino Unido. Além do clube tricolor, duas equipes brasileiras já o conquistaram: Internacional, em 2006, e Corinthians, em 2012.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.