PUBLICIDADE

Publicidade

Felipão promete 'mudar bastante' seleção na próxima convocação

Treinador diz ter ficado insatisfeito com equipe e promete novidades para amistoso com a Itália

Por Agência Estado
Atualização:

GUIMARÃES - O técnico Luiz Felipe Scolari afirmou nesta terça-feira que deve "mudar bastante" a seleção brasileira para as próximas partidas. O treinador disse que não gostou do desempenho em sua reestreia à frente da equipe, na derrota por 2 a 1 para a Inglaterra, em amistoso disputado no último dia 6, e por isso deve fazer alterações já para o próximo jogo, contra a Itália, no dia 21 de março."Vamos ter de mudar bastante. Não gostei do posicionamento e de uma série de detalhes. Mesmo que a imprensa tenha gostado, eu não tenho que agir em função do que escrevem. Vou trabalhar para a minha equipe, em função do que é melhor para a seleção. Farei algumas alterações, mas não posso dizer se A, B ou C não vão fazer parte das escolhas em 2014", comentou o técnico, que participou nesta terça do Fórum de Treinadores na cidade de Guimarães, em Portugal, ao lado do comandante da seleção portuguesa, Paulo Bento.Apesar de dizer que a imprensa havia gostado da atuação brasileira diante da Inglaterra, o próprio Felipão chegou a elogiar o desempenho de seus comandados. No desembarque no País, o treinador afirmou que faria poucas mudanças para as próximas partidas, garantindo que acrescentaria apenas "dois ou três jogadores" na convocações seguintes.A seleção brasileira tem cinco amistosos marcados antes do início da Copa das Confederações: Itália (21 de março, em Genebra), Rússia (25 de março, em Londres), Chile (24 de abril, em Belo Horizonte), Inglaterra (2 de junho, no Rio) e França (9 de junho, em Porto Alegre). No dia 15 de junho, os comandados de Felipão estreiam na competição contra o Japão, em Brasília.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.