PUBLICIDADE

Publicidade

Internacional confirma saída de Guiñazu para o Libertad do Paraguai

Segundo clube, volante alegou motivos pessoais para pedir desligamento do time gaúcho

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

SÃO PAULO - O volante Guiñazu não é mais jogador do Internacional. A diretoria do clube gaúcho acatou um pedido do próprio jogador e rescindiu seu contrato. Segundo informações do site do Inter, a decisão do atleta teve motivações pessoais e familiares e seu destino deve ser o Libertad do Paraguai, clube em que estava antes de se transferir para o futebol brasileiro. Guiñazu deverá conceder uma entrevista coletiva na manhã de sábado (5) às 10 horas (de Brasília), no Centro de Treinamento Parque Gigante e se despedir dos torcedores.Hoje com 34 anos, Guiñazu começou sua carreira no Newell's Old Boys da Argentina. Chegou ao Internacional em 2007 e rapidamente conquistou a torcida. Ao longo de cinco temporadas e meia como titular (282 partidas ao todo) conquistou diversos títulos, sendo quatro vezes campeão gaúcho (2008, 2009, 2011 e 2012), campeão da Dubai Cup (2008), da Copa Sul-Americana (2008), da Copa Suruga Bank (2009), da Libertadores (2010) e da Recopa (2011).Apesar de perder um ídolo a diretoria do Inter não deve lamentar muito a perda do volante. O time do técnico Dunga vive um problema de excesso de estrangeiros. Com a saída de Guiñazu permanecem os argentinos Jesus Dátolo, Andrés D’Alessandro, Mario Bolatti e o uruguaio Diego Fórlan.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.