PUBLICIDADE

Publicidade

Renato Gaúcho volta à 'casa' e promete carinho a atletas

Maior ídolo da torcida quer devolver ao time 'alegria de jogar e entrega'

PUBLICIDADE

Por AE
Atualização:

PORTO ALEGRE - Renato Gaúcho, ou Renato Portaluppi como é chamado pelos gaúchos, está de volta à sua "casa". Nesta terça-feira, o treinador foi apresentado como novo técnico do Grêmio, onde é tido como maior ídolo da torcida. Comemorando voltar o clube do coração e dizendo-se gremista, ele prometeu dar carinho ao grupo de jogadores depois da passagem de Vanderlei Luxemburgo pelo clube."É uma alegria muito grande estar aqui de volta ao meu clube de coração. Esperamos repetir historias maravilhosas do passado no presente", disse o treinador, que como jogador liderou o clube nas conquistas da Libertadores e do Mundial de Clubes de 1983.Ao ser apresentado, Renato recebeu uma camiseta retrô, com o número 7 nas costas, das mãos do presidente Fábio Koff. "Hoje é um dia de extrema alegria para mim. Tenho a certeza que você vai devolver à equipe do Grêmio a alegria de jogar, a entrega total. O Grêmio precisa de ti", disse o dirigente ao treinador.E foi falando em alegria que Renato assumiu o clube. "Essa alegria toda que está faltando vai ser fundamental no meu grupo. Gosto de trabalhar no grupo que esteja com vontade, alegria, e acima de tudo com confiança. Foi dessa forma que trabalhei na primeira vez que vim ao Grêmio e não vai ser diferente agora", prometeu.Para substituir Vanderlei Luxemburgo, demitido de forma surpreendente no sábado de manhã, Renato Gaúcho disse que irá oferecer carinho ao grupo de jogadores. Aproveitou, aliás, para alfinetar o treinador demitido. "Ao invés de xingar, você tem que fazer carinho ao jogador", disse ele, prometendo instaurar um novo clima nos vestiários. "Problemas você sempre vai ver, mas os problemas que eu falei com a diretoria são fáceis de ser resolvidos. São mínimos, mas bastante importantes."Na opinião de Renato, o Grêmio tem condições de ser campeão brasileiro sem necessariamente se reforçar. "O Grêmio tem sim um dos melhores planteis do Brasil e se esse grupo voltar a jogar o que sabe pode sim brigar por títulos. Vi alguns jogos e vi alguns jogadores que estão até acima da média", opinou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.