PUBLICIDADE

Torcedor do Hamburgo investe R$ 75 milhões em seu time do coração

Multibilionário do ramo de transportadoras deseja ajudar sua equipe, que quase foi rebaixada na última edição do Campeonato Alemão

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O quase rebaixamento do Hamburgo no último Campeonato Alemão e as poucas contratações fizeram com que um apaixonado torcedor tirasse dinheiro do seu bolso para ajudar o seu time do coração. Nesta segunda-feira, o clube anunciou em seu site oficial que Klaus-Michael Kuehne, sócio majoritário de uma transportadora multinacional, vai emprestar 25 milhões de euros (R$ 75 milhões) aos cofres da equipe. O empresário, que é o 118º colocado no ranking da revista Forbes com fortuna avaliada em 10,4 bilhões (R$ 31,44 bilhões), já havia concedido 8 milhões de euros ao clube antes de aumentar o seu apoio. "Com a expansão do meu compromisso em favor do Hamburgo, reitero a minha confiança na gestão do novo clube, na esperança de que será possível, desta forma, fortalecer a estrutura da equipe de forma significativa", explicou Kuehne Além dele, o CEO do Hamburgo, Dietmar Beiersdorf, acredita que com o apoio do bilionário, o clube conseguirá realinhar o seu planejamento para a temporada 2014/2015. "Estamos muito animados com o grande compromisso do Sr. Kuehne e a confiança depositada em nós".

Klaus-Michael Kuehne é empresário do ramo de transportadoras Foto: Divulgação

Único time que nunca foi rebaixado no Campeonato Alemão, o Hamburgo esteve próximo da queda na última temporada, quando ficou na 16ª colocação, e só garantiu sua permanência após disputar playoff contra o Greuther Fürth. Para essa temporada, a equipe de Mirko Slomka já havia garantido a contratação do húngaro Zoltan Stieber antes de acertar com o volante suíço Valon Behrami, oriundo do Napoli por R$ 15 milhões.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.