Publicidade

Torcida do Botafogo protesta e picha muro do Engenhão

PUBLICIDADE

Por AE
Atualização:

A goleada sofrida diante do Atlético-MG, por 4 a 0, no último domingo, deflagrou de vez a crise no Botafogo e acabou com a paciência da torcida. Nesta quarta-feira, o Engenhão amanheceu pichado pelos torcedores, que, revoltados com a má fase botafoguense, chamaram o time de "sem vergonha".Os muros do estádio do Botafogo foram pichados em dois lugares diferentes. Na parede próxima a um estacionamento, estava escrito "time sem vergonha". Já em um outro ponto, no lado oeste do Engenhão, os vândalos escreveram: "Queremos time...acabou o amor". Ainda pela manhã, o clube enviou funcionários para cobrir as pichações.Antes da partida contra o Atlético-MG, parte dos torcedores já havia demonstrado sua insatisfação com o retrospecto recente do time, que no último domingo chegou à cinco derrotas consecutivas no Brasileirão. Eles chegaram a realizar um protesto no Engenhão, mas, após uma conversa com Maicosuel, Jefferson e Herrera, se acalmaram.O Botafogo chegou a brigar pelo título em boa parte do Campeonato Brasileiro, mas caiu muito de produção nas últimas rodadas e até demitiu o técnico Caio Júnior. Apesar dos protestos, a equipe ainda tem chance de classificação para a Libertadores. Na nona colocação, com 55 pontos, precisa vencer o Fluminense no domingo e torcer para que Internacional, Figueirense e São Paulo não vençam e ainda para que o Coritiba perca.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.