PUBLICIDADE

Publicidade

Vanderlei Luxemburgo crê em crescimento de Ronaldinho Gaúcho

Técnico do Flamengo diz, no entanto, que o meia não será o mesmo que brilhou em outros anos

Por AE
Atualização:

SÃO PAULO - Ao longo de toda a semana passada, Ronaldinho Gaúcho foi o foco de muito debate e muita cobrança no Flamengo, interna e externamente. As vaias no clássico contra o Botafogo acusavam que a torcida não iria aceitar a atribulada vida noturna do craque se ele não correspondesse em campo. O contestado meia respondeu com bom futebol e um belo gol na goleada sobre o Atlético Mineiro por 4 a 1, no último sábado, no Engenhão.O treinador Vanderlei Luxemburgo tem se mostrado preocupado com o espírito festivo de seu capitão, mas procura defendê-lo de maiores cobranças. "Houve excessos, mas ele sabe o que pode ou não fazer. Esqueçam o jogador do Barcelona ou da seleção brasileira. Ele está com 31 anos e não tem mais o mesmo vigor físico, mas tem talento", disse.Um fator alimenta o otimismo do técnico. A volta dos jogos no meio de semana. Com menos tempo para treinar e mais concentrações, o comandante rubro-negro acredita que Ronaldinho terá mais gás durante os jogos. Ele espera um bom rendimento contra o América-MG, nesta quarta, em Sete Lagoas (MG). "Para um jogador como o Ronaldinho, treinar é ruim e jogar é muito bom. Agora é hora de treinar menos e descansar mais", comentou Luxemburgo.Para o confronto contra a equipe mineira, o treinador terá os retornos de Bottinelli e Willians. Este último tem a volta garantida. Quanto ao anterior, fica a dúvida depois que o time se portou bem com dois atacantes de ofício no segundo tempo contra o Atlético. De volta ao clube da Gávea, Aírton treinou com os reservas nesta segunda, no Ninho do Urubu. Ele está sendo preparado para encarar o São Paulo, na quarta seguinte.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.