PUBLICIDADE

Djokovic fatura 800ª vitória na carreira e vai à semifinal em Queen's

Sérvio se classifica com triunfo por 2 sets a 0 sobre o francês Adrian Mannarino

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação

O sérvio Novak Djokovic conquistou nesta sexta-feira a sua 800ª vitória no circuito profissional. O feito foi obtido ao superar o francês Adrian Mannarino por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/1, em 1h19min de duelo, na grama do Torneio de Queen's, em Londres. O triunfo levou o ex-número 1 do mundo às semifinais da competição de nível ATP 500.

PUBLICIDADE

+ Federer bate australiano, vai à semifinal e segue rota de decacampeonato em Halle

Foi a terceira vitória consecutiva de Djokovic em Londres, numa sequência de jogos que vem sendo rara na temporada. Até agora, sua melhor campanha aconteceu em Roland Garros, quando só parou nas quartas de final. Ele ainda busca sua primeira decisão no ano. Para tanto, terá que passar, na sequência, pelo vencedor do jogo entre o francês Jeremy Chardy e o norte-americano Frances Tiafoe.

Novak Djokovic comemora vitória. Foto: Neil Hall/EFE

Nesta sexta, o ex-número 1 do mundo e atual 22º só hesitou no primeiro set, quando chegou a perder o saque. Mas, como obteve duas quebras, abriu vantagem e fechou a parcial. Na segunda, Djokovic foi ainda melhor. Cedeu apenas um game ao adversário, 26º do ranking, e salvou um break point antes de faturar mais duas quebras e sacramentar a vitória.

Djokovic não foi o único favorito a avançar na chave. O croata Marin Cilic, cabeça de chave número 1 e atual vice-campeão de Wimbledon, bateu o norte-americano Sam Querrey por 7/6 (7/3) e 6/2. Com 10 aces, o número seis do mundo garantiu, assim, vaga na semifinal. Seu próximo adversário será o australiano Nick Kyrgios.

O tenista da Austrália fez grande duelo de sacadores com o espanhol Feliciano López e levou a melhor em dois tie-breaks: 7/6 (7/5) e 7/6 (7/3). Kyrgios, 21º do ranking, disparou 32 aces, contra 16 do rival espanhol, 37º do mundo.

O Torneio de Queen's, um dos mais tradicionais da Inglaterra, é preparatório para Wimbledon. O terceiro Grand Slam da temporada terá início no dia 2 de julho.

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.