PUBLICIDADE

Publicidade

Vitor Belfort aceita luta com Popó, mas impõe condição; veja vídeo

Campeão do UFC e tetracampeão mundial de boxe trocam provocações sobre luta entre os dois

PUBLICIDADE

Foto do author Leonardo Catto

Vitor Belfort e Popó ainda não têm data para se enfrentar, mas continuam com as provocações. Agora foi a vez do campeão do UFC publicar um vídeo em que aceita o desafio feito por Popó no começo do mês. Entretanto, ele fez uma condição: mudar as regras da luta de boxe.

PUBLICIDADE

Durante a carreira, Belfort lutou entre os pesos médio, meio-pesado e pesado. Popó exigiu que o adversário baixasse para 85 kg, o que está na faixa do meio-pesado. Atualmente, o lutador está com 93 kg. Por outro lado, a exigência de Belfort é que a luta seja em uma modalidade que ele chamou por “boxing martial art”.

“Você queria que eu baixasse até 85 kg? Eu vou fazer para você, só que você vai ter que ceder do outro lado, você vai ter que calçar essas luvas. Eu patenteei, está vendo? É uma luva de boxe, só que eu posso te agarrar, e você também. O que é o boxing martial arts? É a união desses dois esportes. Primeira edição, nunca aconteceu no mundo”, disse o campeão do UFC mostrando a luva semelhante ao equipamento de boxe, mas com as palmas das mãos livres.

Luta entre Belfort e Popó pode ocorrer em edição do Fight Music Show, evento que teve confronto do pugilista e Bambam. Foto: Mariana Lima/FMS

Há questionamentos sobre o boxe, como praticado em competições, ser uma arte marcial. A proposta de Belfort, então, é flexibilizar as regras para que se aproxime do estilo de luta que o consagrou. Ele é faixa preta em judô e jiu jitsu e também pratica karatê.

“Eu não vou te dar cotovelo, eu não vou te dar chute, eu não vou te dar queda...”, explicou parte da proposta. “Essa luva eu patenteei na pandemia, e a gente vai inaugurar com você. Eu vou amassar a sua cara, Popó. Eu vou te mostrar que o boxe das artes marciais é diferente desse boxe que você aprendeu”, provocou Belfort.

A luta entre Popó e Vitor Belfort, contudo, já havia sido confirmada pelo tetracampeão de boxe. Conforme o pugilista publicou no começo de abril, o duelo seria na próxima edição do Fight Music Show, evento que promoveu as lutas contra Whindersson Nunes e Kleber Bambam. Ele postou em seu Instagram que o confronto será em setembro, mas a organização do FMS ainda não confirmou a data.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.