ONU descarta acordo forte neste ano

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

MUDANÇA CLIMÁTICAO secretário executivo da Convenção do Clima da ONU (UNFCCC), Yvo de Boer, considera que não é "realístico" firmar um acordo climático com valor jurídico na COP 16, em Cancún, neste ano. Segundo ele, é mais provável que isso ocorra em 2011, na África do Sul. Ele informou que haverá um limite para credenciamento na próxima COP, para evitar os problemas logísticos do ano passado, em Copenhague. Provavelmente, haverá mais de um prédio para as atividades - o que pode separar os ambientalistas dos negociadores. O secretário deixa em um mês o cargo e, em seu lugar, entra a costa-riquenha Christiana Figueres. "Ela é tão boa que não precisa dos meus conselhos."

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.