PUBLICIDADE

Com fortuna de US$ 195 bi, Elon Musk é o homem mais rico do mundo

Ações da Tesla se valorizaram e puxaram a fortuna do bilionário; com o feito, ele superou Jeff Bezos, fundador da Amazon

Foto do author Bruno Romani
Por Bruno Romani
Atualização:
Musk chegou ao topo de ranking dos bilionários Foto: Steve Nesius/Reuters

Elon Musk, fundador da Tesla e da SpaceX, decolou e se tornou nesta quinta-feira, 7, o homem mais rico do mundo, ultrapassando Jeff Bezos, fundador da Amazon. O empresário chegou ao topo do ranking de bilionários da Bloomberg, impulsionado pela valorização das ações da Tesla. 

PUBLICIDADE

A empresa fechou o pregão nesta quinta com alta de 7,94%, o que rendeu a Musk aumento de mais de US$ 13 bilhões em sua fortuna. Dessa forma, o executivo encerrou o dia com patrimônio de US$ 195 bilhões, US$ 10 bilhões acima de Bezos. No ranking da Fortune, que tem método próprio para estimar fortunas, o executivo fechou com US$ 191 bilhões, também no topo.

A colocação reflete os grandes resultados da Tesla no último ano. No fim de dezembro, a montadora entrou no seleto grupo da S&P 500, o que turbinou ainda mais o valor dos papéis. Com valor de mercado de cerca de US$ 773 bilhões, a Tesla é uma das companhias mais valiosas de Wall Street – os papéis se valorizaram 743% no último ano. Musk tem cerca de 20% das ações da Tesla, e três quartos de sua fortuna estão atrelados aos papéis. A fortuna de Bezos está atrelada aos 11% de ações que ele tem na Amazon. 

Durante o ano, o valor da Tesla cresceu puxado pelo potencial dos carros elétricos e a boa execução de suas metas de produção, após passar anos envolvida em problemas em suas fábricas. Em dezembro, a empresa anunciou que cumpriu a meta de entrega de 500 mil veículos para o ano de 2020 – a alta nas vendas foi de 36%. 

Antes disso, a companhia já havia se tornado a maior fabricante de veículos do mundo. Ao longo do ano, a empresa superou companhias como Volkswagen e Toyota em valor de mercado - atualmente, ela tem valor de mercado cinco vezes o de GM e Ford juntas. No último trimestre, a empresa se beneficiou de incentivos regulatórios para carros que não poluem o meio ambiente, faturando US$ 397 milhões com essa área. Senão fosse esse setor, a empresa não teria tido lucro. A previsão, porém, é que essa receita vai sumir em breve conforme mais companhias vendam modelos elétricos próprios. 

O crescimento de Musk é notório. Em julho de 2020, sua fortuna estava estimada em ‘apenas’ US$ 66,2 bilhões. Em janeiro de 2020, ele ocupava o trigésimo quinto lugar do da lista. 

Além da Tesla, a fortuna de Musk inclui uma participação de 48% na SpaceX, que também apresentou resultados satisfatórios em 2020. A empresa se tornou a primeira companhia privada a enviar astronautas para a órbita terrestre, numa parceria com a Nasa

Publicidade

Acostumado a se expressar no Twitter, o executivo usou a rede social para se pronunciar sobre o feito. Em resposta a um seguidor que comentava a marca, ele disse “que estranho”. No tuíte seguinte, escreveu: “agora de volta ao trabalho”. 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.