PUBLICIDADE

Caso de sucesso, Conta Azul inspira Joinville a criar ecossistema

Distante 180 quilômetros da capital, a cidade aos poucos tenta se transformar em polo regional de tecnologia

Por Bruno Capelas
Atualização:

Maior cidade catarinense, Joinville também começa a forjar seu ecossistema de startups, com empreendedores inspirados pelo sucesso da ContaAzul.

Distante 180 quilômetros da capital, a cidade aos poucos tenta se transformar em polo regional de tecnologia, depois de décadas com uma economia baseada em indústrias, como a Tigre. Não à toa, as startups mais quentes da cidade no momento fazem soluções para empresas.

Startup de Piero Contezini é um dos novos nomes de Joinville Foto: Tiago Queiroz/Estadão

PUBLICIDADE

É o caso da Asaas, que criou um sistema automatizado para gestão de notas fiscais e planeja faturar R$ 15 milhões este ano – o crescimento estimado é de 150% para 2017. 

Outro nome forte é a MeusPedidos, que conecta indústrias, representantes comerciais e varejistas e deve faturar R$ 16 milhões este ano. 

*O repórter viajou a Florianópolis (SC) a convite da Associação Catarinense de Tecnologia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.