Abert repudia ataque a equipe da Record durante protesto

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) repudiou com "veemência", em nota, o ataque a uma equipe de reportagem da TV Record, na noite dessa terça-feira, 18, durante manifestações no centro de São Paulo. Um caminhão de captação de imagens da emissora foi incendiado. Segundo a Record, todos os profissionais escaparam ilesos.

AE, Agência Estado

19 de junho de 2013 | 15h52

"Atos de extrema violência como este, que buscam intimidar o trabalho da imprensa, configuram grave atentado ao livre exercício do jornalismo e devem ser rechaçados em respeito ao direito à livre informação e à própria democracia", diz a nota assinada pelo presidente da Abert, Daniel Pimenta Slaviero.

Tudo o que sabemos sobre:
protestosSPRecord

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.