Acusado de tentar matar a mulher 3 vezes é preso no PE

Acusado de tentar assassinar a mulher por três vezes em um período de menos de 48 horas, Severino Augusto de Lima foi autuado em flagrante ontem na Delegacia da Mulher e encaminhado à penitenciária do município de Abreu e Lima (Cotel), em Pernambuco, onde está preso. De acordo com informações do posto policial do Hospital da Restauração, ele tentou no sábado asfixiar a companheira Maria da Conceição Ferreira de Melo, que havia sido internada na madrugada do mesmo dia com diagnóstico de acidente vascular cerebral (AVC). Na visita, ele começou a estrangulá-la, mas foi impedido por pessoas que viram a agressão e chamaram a polícia. Ele fugiu. Há suspeita de que ela tenha sofrido o AVC depois de ter sido espancada por Severino, o que a polícia considera como a primeira tentativa de homicídio. Parentes informaram à polícia que ele costumava bater na mulher. Depois da tentativa frustrada do sábado, ele voltou ao Hospital da Restauração ontem. Para conseguir entrar, preencheu uma ficha como paciente. Queixou-se de dores no corpo e na cabeça. Dentro do hospital, ele foi então até o leito de Maria José, mas foi reconhecido por Paulo Roberto da Silva, irmão da vítima, que o denunciou.Levado à Delegacia da Mulher para prestar depoimento, Severino disse viver junto com Maria José há 23 anos, com quem tem um filho de 18 anos. Ele negou que a espancasse ou que tivesse tentado matá-la. Explicou a internação da mulher com a versão de que ela teria sofrido uma queda ao sair para comprar ovos. E disse não entender o porquê de o impedirem de ver a mulher no hospital. Segundo familiares, ela teria posto o companheiro para fora de casa. Segundo assessoria de imprensa do hospital, Maria da Conceição está consciente e estável.

ANGELA LACERDA, Agencia Estado

29 de outubro de 2007 | 17h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.