Aparecida divulga preparativos para visita do papa

As ruas e avenidas da cidade de Aparecida por onde o papa Francisco passará em sua visita ao Brasil, durante a Jornada Mundial da Juventude, em 24 de julho, terão as lombadas e obstáculos retirados. O objetivo é facilitar o trajeto do papa móvel. Uma varredura será realizada em todas as instalações da Basílica Nacional, a partir de zero hora do dia 24, após uma vigília que acontecerá na tribuna Dom Aloísio Lorscheider. "Serão momentos de oração, com canto e shows, para preparar os romeiros, devotos e visitantes a receberem o papa", explicou o arcebispo de Aparecida e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) Dom Raymundo Damasceno.

JOÃO CARLOS DE FARIA, ESPECIAL PARA AE, Agência Estado

10 Junho 2013 | 19h13

Os detalhes dos preparativos foram apresentados nesta segunda-feira, 10. Uma das principais preocupações dos organizadores é com a segurança do papa. Segundo Dom Raymundo, haverá uma grande equipe cuidando desse aspecto, tanto em relação ao papa quanto para assegurar o bem estar dos cerca de 200 mil visitantes esperados para a data.

Após pousar no estacionamento do Santuário Nacional, o papa passará entre os fiéis e se dirigirá até a Capela Reservada, onde terá um momento junto à Imagem da Padroeira do Brasil Nossa Senhora Aparecida, na capela dos Apóstolos. "O papa quer que esta visita seja um momento íntimo, como devoto de Nossa Senhora. Vemos nisso uma vontade do papa em renovar seu pontificado e oferecê-lo à Santa", disse.

Posteriormente o papa vai se preparar para a celebração da Santa Missa. O local ainda não foi definido, se no interior da Basílica - ficaria restrita a no máximo 20 mil pessoas - ou se será uma missa campal. Caso seja no interior da Basílica, haverá também telões do lado externo. A Missa Solene será concelebrada pelos bispos que acompanharem o Santo Padre, além dos bispos brasileiros que desejarem participar. Uma comissão presidida pelo bispo auxiliar Dom Darci Nicioli fará o credenciamento de diáconos, padres e bispos que chegarem perto do pontífice, bem como daqueles que estarão a serviço nesta data.

O papa receberá uma réplica em madeira da imagem original de Nossa Senhora Aparecida, com pedestal de prata. O manto que será usado pela imagem já foi entregue pelas Irmãs Carmelitas de Aparecida, na última semana. A peça, confeccionada em veludo e pequenos cristais, traz bordados de redes de pescaria que remetem à pesca milagrosa, quando a imagem original de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada, no Rio Paraíba, em 1717.

Mais conteúdo sobre:
papavisitaAparecida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.