Argentino que cochilava no quarto escapa de ultraleve que caiu no telhado

Roberto Mendez escapou vivo apesar de pequena aeronave ter atravessado telhado de sua casa.

BBC Brasil, BBC

12 de outubro de 2011 | 15h45

Um ultraleve caiu em cima da casa de um argentino, interrompendo seu cochilo da tarde.

Roberto Osvaldo Mendez dormia em seu quarto, no segundo andar da casa, na Província de Santa Fé, quando a pequena aeronave atravessou o telhado.

Mendez contou que, se o avião tivesse caído um pouco mais para o meio do telhado da casa, ele provavelmente teria sido atingido enquanto fazia a sesta.

Quando viu o que tinha acontecido, Mendez saiu correndo do quarto. Ele voltou em seguida e viu que a gasolina do avião se espalhava por todo o aposento. Por isso, ele decidiu desligar a eletricidade da casa, para evitar que o combustível se incendiasse.

Ao voltar para o quarto, Mendez viu duas pessoas saindo do ultraleve, o piloto, Guillermo Thomas, de 59 anos, e o passageiro, Remilly Molini, de 53. Apenas Molini tinha ferimentos leves.

A casa foi isolada pelos bombeiros e pode desabar devido aos danos. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.