Assista na TV

Assista na TV

Dmytryk fez história com seu belo western antimacarthista

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

03 Abril 2017 | 06h01

Minha Vontade É Lei

Warlock. (Eua, 1959.) Dir. de Edward Dmytryk, com Richard Widmark, Henry Fonda, Anthony Quinn, Dorothy Malone.

 No fim dos anos 1940, Dmytryk era considerado um dos diretores mais promissores de sua geração, em Hollywood. Mas aí veio o macarthismo, ele foi denunciado como comunista e precisou se asilar na Inglaterra. De volta aos EUA, deu um depoimento controverso no Congresso (colaboracionista?) e retomou a carreira. A partir daí, perdeu a consideração da crítica, mas não a ambição artística. Fez filmes sobre o direito à segunda chance e deixou sua marca numa série de filmes belíssimos. Esse western, por exemplo, é daqueles que merecem ser vistos e redescobertos. Henry Fonda é contratado para limpar pequena cidade, instala-se no poder e é preciso que o homem comum (Richard Widmark) o destitua. Com sua fama de filosófico, o filme é antimacarthista. E, sim, a amizade de Fonda e Tony Quinn fez história no gênero como abordagem da homossexualidade.

 Telecine Cult, 23h50. Reprise, colorido, 121 min.


VEJA TAMBÉM

O Sol É para Todos

To Kill A Mockingbird. (Eua, 1962.) Dir. de Robert Mulligan, com Gregory Peck.

Uma pesquisa apontou Atticus Finch como o maior herói de Hollywood. E o que ele faz? Como advogado, dá lição de cidadania aos filhos, ao defender negro acusado de assassinato. Grande filme.

 Telecine Cult, 14h55. Reprise, P&B, 129 min.


Cassy Jones, o Magnífico Sedutor

(Brasil, 1972.) Dir. de Luiz Sérgio Person, com Paulo José, Sandra Bréa.

O último filme de Person foi o melhor de 1973 para a APCA. Paulo José faz o sedutor em crise porque as mulheres grudam nele. Entra em cena Sandra Bréa, que resiste.

 Canal Brasil, 18h. Reprise, colorido, 100 min.


Veja a programação da Tv aberta

Veja a programação da TV fechada


Streaming

COMÉDIA

‘Férias no Trailer’

Robin Williams decide levar a família numa viagem de trailer, mas tudo vai dando errado pelo caminho. É daqueles filmes despretensiosos, que divertem muito.

Netflix, 2006, 98 min.


COMÉDIA

‘Um Gato de Rua Chamado Bob’

Viciado em drogas, James vai morar na rua. No meio do caminho, ele encontra um gato de rua laranja que muda sua vida.

Itunes, 2016, 102 min.


DRAMA

‘O Quarto de Jack’

Jack e sua mãe vivem em um pequeno quarto, isolados do mundo. Mantidos em cativeiro por um homem, Joy tenta proteger o filho da terrível realidade que o cerca.

Telecine Play, 2015, 115 min.

Matheus Mans


DVD

UM CAMINHO PARA DOIS EUA, 1967. Dir. de Stanley Donen. Versátil. R$ 26,90

Famoso por seus musicais – Cantando na Chuva, Sete Noivas para Sete Irmãos, Cinderela em Paris –, Donen bebeu na fonte de Alain Resnais para fazer esse belíssimo drama sobre casal em crise que refaz, na França, a viagem de lua de mel. Com Audrey Hepburn, Albert Finney.


Crianças

ANIMAÇÃO

Procurando Nemo

Uma das grandes animações da Pixar (e de Hollywood). Peixe procura o filho que se perdeu no oceano imenso. Visual deslumbrante e coadjuvantes inesquecíveis – Dory?

Telecine Fun, 14h30. Reprise, colorido, 81 min.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.