Blitze da lei seca nas estradas prendem 24 em SP

A fiscalização da lei seca nas rodovias estaduais levou pelo menos 24 pessoas à prisão no Estado de SãoPaulo até as 18 horas de domingo.Ao todo, 17 motoristas foram autuados por consumo de álcool e sete pessoas que estavam em dois carros parados em Limeira e em Sarapuí (região de Sorocaba) foram presas sob a acusação de tráfico de drogas.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

11 de fevereiro de 2013 | 20h45

O Comando de Policiamento Rodoviário informou que o balanço do primeiro feriado em que a nova lei seca vigora será divulgado na quarta-feira. O uso de qualquer quantidade de álcool ou substância de efeitos análogos no sangue é punido com multa de R$ 1.915,40. O motorista pode ainda perder a carteira por um ano e, dependendo do teor de álcool, ser condenado a uma pena que vai de 6 meses a 3 anos de prisão.

Num dos casos, na madrugada deste domingo, policiais rodoviários suspeitaram que o motorista de um carro em que estavam outras quatro pessoas estivesse sob o efeito de drogas, na ligação da Rodovia Raposo Tavares com a cidade de Sarapuí. Na revista, foram

encontrados dezenas de frascos com cocaína e crack no carro. O motorista se negou a fazer testes, mas o delegado da Polícia Civil da cidade, em razão da quantidade de drogas, decidiu prender todos por tráfico de entorpecentes. Entre os ocupantes do carro havia uma jovem de 17 anos que foi encaminhada para a Fundação Casa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
lei secablitz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.