BM&FBovespa dá mais prazo para Conselho da Dasa decidir sobre OPA

A rede de medicina diagnóstica Dasa informou nesta segunda-feira que a BM&FBovespa permitiu prorrogação do prazo até 13 de janeiro para que o Conselho de Administração se pronuncie sobre a oferta pública de aquisição (OPA) de ações anunciada em dezembro.

Reuters

06 de janeiro de 2014 | 19h34

"O Conselho entende que a prorrogação do prazo permitirá a preparação de uma opinião mais fundamentada e, ao mesmo tempo, um juízo mais informado de parte dos acionistas da companhia", disse a Dasa em fato relevante.

Divulgada em 23 de dezembro, a OPA da Cromossomo Participações, controlada pelos acionistas da companhia Edson de Godoy Bueno e Dulce Pugliese Bueno, com um total de 23,59 por cento de participação, afirmou ter meta de adquirir no mínimo 82.362.124 ações, ou 26,41 por cento da empresa, mais uma ação, mas pode atingir todos os papéis da empresa.

(Por Juliana Schincariol e Aluísio Alves)

Mais conteúdo sobre:
DASAOPA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.