Bombeiros resgatam 9 corpos do naufrágio no AM

Nova equipe foi enviada para auxiliar nas buscas em decorrência do naufrágio no Rio Amazonas

LIEGE ALBUQUERQUE e SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

21 Fevereiro 2008 | 11h20

O Corpo de Bombeiros do Amazonas confirmou, nesta quinta-feira, 21, que nove corpos foram resgatados da área onde ocorreu o naufrágio do barco Almirante Monteiro, em Itacoatiara, a 25 quilômetros em linha reta de Manaus. No final da manhã, uma segunda equipe foi enviada para auxiliar nas buscas em decorrência do naufrágio de um barco no rio Amazonas. Os bombeiros não estimam quantas vítimas podem estar ainda desaparecidas, porque a embarcação não tinha registro de passageiros.   Barco não tinha registro de passageiros, dizem bombeiros   De acordo com as primeiras informações, o barco colidiu com uma balsa, entre Paraná da Eva e Novo Remando, na região de Itacoatiara, no Amazonas. O barco, de acordo com os bombeiros seguia de Alenquer para Manaus.    Em entrevista dada a uma rádio local de um telefone público da comunidade Novo Remanso, em Itacoatiara, a 25 quilômetros de Manaus, uma das sobreviventes do naufrágio, Salete Ramos, informou que observou o resgate de cinco corpos de crianças.    Salete contou que estava dormindo quando houve dois choques fortes contra o barco. "Foi tudo muito rápido, todo mundo começou a correr e se jogar na água, perdemos toda a bagagem. Eu nadei por quase meia hora para chegar à margem", disse Salete, que estava vindo de Alenquer (PA) para Manaus.

Mais conteúdo sobre:
Rio Amazonasbarco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.