Bradesco BBI lidera emissões de renda fixa no ano até julho-Anbima

O Bradesco BBI liderou o ranking de bancos coordenadores de emissões de renda fixa no Brasil no acumulado de 2012 até julho, com a originação de 13,8 bilhões de reais e uma participação de 25,7 por cento do total, informou a Anbima nesta terça-feira.

Reuters

21 de agosto de 2012 | 17h04

Na segunda posição da categoria ficou o Itaú BBA, com 11,7 bilhões de reais, seguido pelo Banco do Brasil, com 10,2 bilhões de reais. Juntos, os três primeiros colocados originaram 66,5 por cento de um total de 53,7 bilhões de reais.

Já no setor de renda variável, o Banco do Brasil ficou em primeiro no acumulado dos sete meses do ano, com 977,8 milhões de reais, seguido por Bradesco BBI e Citigroup, com 939,8 milhões de reais e 873,5 milhões de reais, respectivamente.

No ranking de distribuição, o BTG Pactual foi o primeiro em renda variável, com 1,35 bilhão de reais e uma participação de 18,2 por cento, seguido pelo Bradesco BBI, com 888,8 milhões de reais e uma participação de 12 por cento.

Em renda fixa, o Itaú BBA ficou em primeiro lugar (7,5 bilhões de reais), seguido do BTG Pactual (4,5 bilhões de reais) e do Bradesco BBI (4,2 bilhões de reais).

(Por Juliana Schincariol)

Tudo o que sabemos sobre:
FINANCASANBIMAEMISSOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.