Britânicas preferem boas maneiras à aparência no homem

63% das entrevistadas disseram que boas maneiras é a qualidade mais importante do homem ideal

BBC Brasil,

26 de setembro de 2007 | 14h25

Beleza não é fundamental para se tornar o homem dos sonhos das mulheres, segundo uma pesquisa da empresa britânica de etiqueta Debrett's, que diz que boas maneiras são o que mais importa.   De acordo com o levantamento, realizado com mil homens e mulheres no Reino Unido, 63% das entrevistadas disseram que boas maneiras é a qualidade mais importante do homem ideal, enquanto 29% optaram por inteligência e apenas 2% privilegiaram a aparência.   O levantamento também revela que 87% das mulheres rejeitam a idéia de que ter boas maneiras é uma atitude antiquada, mas 80% acreditam que os homens precisam de ajuda para se tornar mais finos.   Na opinião delas, o sexo oposto está perdendo cada vez mais as boas maneiras, com 52% dizendo que a falta de educação ocorria em um ambiente social e quase um quarto (23%) identificando comportamento inadequado no trabalho.   Já os homens que participaram da pesquisa disseram ter consciência do gosto feminino pela etiqueta masculina, mas justificaram seus atos com a confusão causada pela cortesia na moderna.   Pagar a conta do jantar   A pesquisa foi divulgada juntamente com o lançamento do mais recente livro da Debrett's, Manners for Men (Boas maneiras para Homens, em tradução livre), que dá dicas de como adequar as boas maneiras ao mundo moderno.   O livro fala, por exemplo, qual é a melhor forma de convidar uma mulher para sair, como se comportar na grande noite e como manter o relacionamento. De acordo com o livro, para conhecer uma mulher em um bar, o homem não deve mandar um drinque com um bilhete por meio do garçom e sim ir conversar diretamente com ela.   Ao se vestir para o encontro, ele deve privilegiar um visual "clean" e interessante, e evitar estampas de marcas de designers, calça de couro e camisetas com frases engraçadas.   O livro também recomenda que o homem chegue cedo ao encontro e, caso o atraso seja inevitável, ligue para avisá-la.   Pagar a conta do jantar geralmente também continua sendo a responsabilidade do homem, principalmente se foi ele quem fez o convite.   De acordo com o livro, também é aceitável segurar a porta aberta para uma mulher, mas não se deve fazer um grande estardalhaço, dizendo "primeiro as damas".   Se o homem quiser ver a mulher novamente após o primeiro encontro, ele deve telefonar para ela no dia seguinte, e se estiver mesmo muito interessado, pode ligar assim que chegar em casa para agradecer pela noite agradável.

Tudo o que sabemos sobre:
boas maneirashomemmulhernamoro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.