Carcereiros são demitidos após darem choques em crianças

Incidentes ocorreram na Flórida em dia que pais levam filhos ao trabalho.

BBC Brasil, BBC

16 de maio de 2009 | 18h30

Três carcereiros americanos foram demitidos e dois outros pediram demissão depois que 40 crianças receberam choques elétricos na Flórida.

Os incidentes ocorreram em duas prisões no mês passado, durante um dia em que os pais levam os filhos para seus locais de trabalho.

Em um dos casos, um grupo de crianças foi orientado a dar as mãos em uma roda e uma delas recebeu um choque com uma arma de choques. A corrente elétrica passou então por todas as crianças.

Ninguém ficou seriamente ferido, mas uma autoridade da área prisional disse que o incidente era "imperdoável".

No segundo caso, as crianças receberam choques individualmente.

Todas as crianças envolvidas, com idades entre cinco e 17 anos, eram filhas de funcionários do Departamento Prisional da Flórida.

A arma de choques é um equipamento usado para paralisar alguém temporariamente sem a necessidade do uso de armas de fogo. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
choqueprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.