China diz ter encontrado maior mina de minério de ferro da Ásia

A China informou nesta quarta-feira que encontrou o maior depósito de minério de ferro da Ásia na região nordeste do país, impulsionando as ações de siderúrgicas locais.

SHAO XIAOYI E TOM MILES, REUTERS

24 de junho de 2009 | 10h38

Entretanto, analistas disseram que há vários obstáculos para serem superados antes que a produção possa começar e reduzir as necessidades de importação do país.

A descoberta aconteceu no momento em que siderúrgicas chinesas entram na fase final das negociações sobre o preço do minério com as mineradoras mundiais.

Faltando menos de uma semana para o prazo final, está cada vez mais claro que a China enfrenta duas escolhas -- comprar todo o minério no mercado à vista ou engolir o mesmo acordo fechado por rivais.

A agência de notícias oficial da China citou autoridades locais segundo as quais o recém-descoberto depósito de minério na província de Liaoning tem reservas estimadas de ao menos 3 bilhões de toneladas.

Uma autoridade local de geologia confirmou o número e disse à Reuters que a mina iniciará a produção no ano que vem, e poderá estar produzindo até 5 milhões de toneladas até 2015.

"Acho que a descoberta não terá nenhum impacto nas negociações do preço do minério já que a produção não entrará no mercado até 2015", disse Ma Zhongpu, analista da ChinaCCM.

Um trader de Hong Kong afirmou que também há incertezas sobre quanto do depósito pode ser economicamente viável para extração e quais seriam os custos de investimento.

A China, maior importador de minério de ferro do mundo, conta com fornecedores globais para quase metade de sua demanda anual de 1 bilhão de toneladas. O país comprou no exterior 444 milhões de toneladas de minério em 2008.

O depósito tem tanto material de magnetita quanto de hematita, e seu conteúdo de ferro fica entre 25 e 62 por cento, de acordo com a agência de notícias da China. A profundidade é de mais de um quilômetro abaixo da superfície.

A autoridade de Lianing afirmou que a mina exigirá investimento de 2,5 bilhões de iuans (366 milhões de dólares) e 20 por cento pertencerá ao Benxi Iron & Steel Group. O principal investidor é uma empresa de Shenzhen, mas ele recusou-se a dar o nome, explicando que o governo local terá uma participação de 20 por cento.

Tudo o que sabemos sobre:
MINERACAOMINACHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.