Confiança do comércio cai 2,3% no tri até março ante 2012--FGV

O Índice de Confiança do Comércio (Icom) caiu 2,3 por cento na média do trimestre concluído em março, frente ao mesmo período do ano passado, ao passar de 124,6 pontos para 121,7 pontos, no terceiro mês consecutivo de piora do indicador, informou nesta quarta-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Reuters

03 de abril de 2013 | 09h22

No resultado anterior, referente ao período de três meses findos em fevereiro e em comparação com igual trimestre de 2012, a FGV apontou queda de 0,9 por cento.

"O resultado geral da pesquisa revela um ritmo de atividade entre moderado e forte ao final do primeiro trimestre do ano e expectativas menos otimistas em relação aos próximos meses", avaliou a FGV.

Em março, o setor de Varejo Restrito teve baixa de 2,3 por cento no trimestre na comparação com o mesmo período do ano passado, ante queda de 1,5 por cento em fevereiro.

No Varejo Ampliado, setor que inclui veículos, motocicletas, partes e peças, a confiança recuou 2,8 por cento no indicador trimestral até março, após ter registrado queda de 1,5 por cento no período de três meses encerrado em fevereiro.

Já no Atacado, o índice de confiança caiu 1,6 por cento no trimestre até março, após variação positiva de 0,1 por cento no resultado de três meses anterior.

Além disso, o indicador do estudo que mede a percepção do setor em relação à demanda no momento atual --o Índice de Situação Atual (ISA-COM) médio-- registrou 99,3 pontos, nível praticamente inalterado ante o mesmo período do ano anterior, de 99,2 pontos. Com isso, no período de três meses até março, houve variação positiva de 0,1 por cento no quesito.

Já o indicador trimestral do Índice de Expectativas (IE-COM) recuou 8,9 por cento em março na comparação com um ano antes, para 145,4 pontos.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) divulga em 11 de abril os dados de fevereiro sobre as vendas no varejo.

(Por Camila Moreira)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCONFIANCACOMERCIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.